Suporte no desenvolvimento de jogos


    As Crônicas do Trono

    Next
    Next
    Novato
    Novato

    Mensagens : 9
    Créditos : 0
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty As Crônicas do Trono

    Mensagem por Next em Qui Jul 12, 2012 11:06 am

    Introdução

    Spoiler:
    O ânimo de meu amado rei não é bom. Os últimos anos, que eram de grande
    prosperidade, tornaram-se sonhos e lendas contadas para os mais jovens, e
    doces recordações na mente dos que ainda estão vivos, esperando o fim
    de nosso reino.

    Abro meus olhos e contemplo o brilho que sobe da
    ,fogueira na qual estou ao redor, encolhido, tentando manter-me
    aquecido, enquanto as palavras ainda ecoam na minha mente. Elas foram
    ditas por um jovem sacerdote, a cerca de três dias atrás, ao redor de
    outra fogueira, logo após ele começar a falar sozinho depois que o
    cutelo de um orco decepou três dedos de sua mão direita. Ele ficou
    afastado, mesmo depois de curado pelos companheiros, olhando para sua
    mão aleijada, agachado na lama e repetindo aquela sentença para si
    mesmo. Se ele procurava por alguma forma de apoio ou simpatia, pelo
    menos não acabou de mãos vazias, pois ninguém da nossa comitiva lhe
    deu atenção, exceto eu...
     


    Cenário


                                                                             
     
                                                                                                      
    Spoiler:
    História do Mundo, os 4 Reinos


      O mundo é dividido por quatro reinos. Northon, Dunker , Vanfin, e Burgon. Cada reino possui-a um rei que cuidava de suas próprias terras, eregia seus próprios castelos e dava títulos de Lord e juramentava cavaleiros aos seus homens de confiança. Hoje não é diferente porem não são mais Reis, mas sim senhores. Senhor de Northon, Anthony Nartan; senhor de Dunker, Drogu Luwin; sehnhor de Vanfin, Sullivan Galfiend; e finalmente o Rei que comanda todos os senhores, Lucats Bugars, rei das terras Burgon e suserano dos 4 reinos.
     A principio todos os outros reinados eram independentes cada um possuindo seu rei. entretanto um rei da casa Bugars juntou seu exercito com uma raça forte como pedra, os Mahok, com essa força todos os outros reis ajoelharam perante sua coroa. Hoje Lucats Bugars o herdeiro do trono domina os demais com mão de ferro,porém estabilidade aos 4 cantos do mundo.
     
     
      O Reino de Nurthon foi formado pelo povo do norte, que habita uma região fria com um povo frio. Esse povo defende uma grandiosa muralha que divide os 4 reinos de um lugar sombrio no extremo norte. Dizem que uma força antiga mais antiga que as raças dos 4 reinos habita aquela região. É sabido que uma tribo de bárbaros para lá da muralha também vive no local, porem nada é mais temido que o inverno que vem do norte e arrebata até o sul do mundo. Já no interior do reino existe florestas quilométricas e nela habita os elfos negros que mantem a paz devido a uma trégua feita com o rei Advard Nartan depois da guerra das nove luas. Hoje o senhor Anthony, descendente de Advard, mantem seu poderio no centro das terras mais ao sul onde esta eregida sua fortaleza feita de pedra branca.

      Dunker, esse reino vive no oeste do mundo fazendo costa ao mar azul. São uma civilização que vive de transporte marítimo e impostos. Sim impostos, no norte de sua terras Próximo a Nurthons existe a montanha de ferro. Uma grandiosa cordilheira que corre por todo o mundo. Porem existe apenas uma entrada para a cordilheira que é no território de Dunker. Essa entrada liga cavernas subterrâneas que foram feitas durante o decorrer dos séculos naturalmente e moldada por anões. O único povo que vive nela são os anões e o metal minerado de lá cria as mais belas armaduras e armas. Os senhores e reis de Dunker sempre cobraram impostos para a entrada e saída de caravanas mercantes da cordilheira enriquecendo com isso.

      Vanfin (Reino do leste) , Este é um reino que tem seu povo apaixonado por bosques, lagos, grutas e florestas. Em sua maioria são formados por elfos e humanos livres.  Os elfos mais numerosos que os humanos vivem em fortalezas eregidas nas "arvores mães". Essas arvores são grandiosas arvores de quilômetros de altura capazes de aguentar muralhas de pedras azuis moldada pela magia milenar. Os humanos vivem em pequenas aldeais construíveis nas entranhas da floresta ou perto de lagos. Como pode ser visto é uma região arbórea e de poucas estradas. Porem não é um local totalmente pacifico alguns acreditem que no estremo leste onde as florestas terminam e se ergue uma montanha, A Montanha da Aurora, existe uma sociedade secreta de necromantes e magos malignos. Lendas dizem que essa sociedade fazem experimentos com elfos e humanos capturados nos bosques. O rei Sullivan Galfiend, um poderoso ranger, já fez inúmeras expedições com seu exército de elfos e humanos, todas um desastre. Nunca acharam nada nas montanhas porem os desaparecimentos nunca cessaram.

      Burgon, é o reino do sul dominado por um clima muito quente e bosques repletos de arvores frutíferas que explodem de maduridade no verão. Em sua maioria é habitado por humanos e Halflings. A muito tempo atrás os Halflings possui-a suas próprias terras em Burgon porem uma raça humana vindo do mar do sul dominou a região proclamando um rei para o território. A raça pequenina não ofereceu resistência e devido a isso existe muitas vilas prosperas dos Haflings. Os povos vindo do mar sul são gente de cabelo loiro e pele clara, altos e fortes, adoram Deuses próprios deferente dos outros 3 reinos. Com o expansionismo do raça humana os Mahok (grandiosos criaturas que vivem na Caverna Solitária, ao noroeste da região) iniciam uma guerra. A guerra parece não ter fim devido a bravura dos loiros humanos e a força dos Mahok. É então que o rei Aebur Bugars  faz uma proposta aos Mahok. Ele promete novas terras para os Mahok que se situava no decorrer de todo o continente. Se trata das Cordilheiras de Ferro. Porem para conseguir um território que corta o mundo e passa por todos os reinos era necessário subjugar a outras nações. Não demorou os loiros e Mahok aliaram seus exércitos contra os outros reinos   cerca de 5 anos todos estavam subjugados. Hoje, já passado varias décadas os Mahok abrem novos caminhos pela cordilheira e descobre novos mistérios do mundo antigo, e a civilização dos humanos domina politicamente os outros 3 renos proclamando um rei e situando uma capital no sul. Aqueles que não reconhecem a autoridade do Rei sobre os 4 reinos são caçados até a morte.



                                                                                                         
                                                                                                          Para leste, para alem do mar azul

       Depois do mar azul para leste existe um continente quase maior que o continente dos quatro reinos. La vive um povo de pele amarelada e olhos puxados (correspondente aos orientais). a região é formada por um centro de pastagem, e as laterais próxima ao mar de cultivo. No extremo norte a uma civilização chamada de Yang, esse povo possui cidades maiores que qualquer outra vista no mundo, suas cidades são rodeadas por muralhas e dentro de cada uma delas a grandiosas fortalezas. essas cidades se estende por todo o território norte e também pela pela costa norte. O local é um verdadeiro império e eles vivem extraindo riquezas do mar, formando frotas mercantes até os mares de Dunker e Nurton e Burgon, possui também minérios nas Montanhas Amarelas e Vermelhas. O império é comandado pelo Daimyo Kahimy e seus lords seguidores.

     No centro do território existe um civilização nômade que erege tendas feitas de pau e couro de cavalo. Os territórios de pastagem alimenta seus cavalos e que por sua vez alimenta sue povo. O cavalo é um simbolo, uma arma, um irmão, um membro daquele povo. Um homem sem montaria não é um homem, um líder que cai de seu cavalo não é um líder. Por isso todos os guerreiros possuem seus cavalos e quando os Khan ( Grupos nômades) saem para a guerra levam um tropa inteira a cavalo. A arma preferida de cada guerreiro é o arco curto, com esse pequeno instrumento e seu cavalo veloz aqueles povos faz tremer as bases da civilização Yang. Esse povo que se auto denomina Ying alado não dominou Yang pois são divididos em vários Khans. E esse Khans lutam um contra o outro e o caos e desordem reino naquelas terras.


                                                                                                                                 Hierarquia

         (4 reinos)
          Os quatro reinos como visto são formado por feudos. Cada feudo possui um senhor e vários lords, os lords possui territórios e os protegem jurando vassalagem ao seu senhor. Quando um senhor vai a guerra todos os seus lords vão junto. Os exércitos dos lords e senhores juntos formam um considerável poderio

          Cada lord e senhor possui cavaleiros. Esse sir (cavaleiros) são homens nobres que fazem um juramento ao senhor de seu reino. Esse juramento promete cuidar para que o bem e a justiça seja feita em toda a terra de seu suserano. O juramentados podem ajudar a liderar exércitos, patrulhas, cuidar de fortes e até ajudar a governar.
     
          O rei também consagra cavaleiros chamas os lords e os senhores para a guerra. O seu poder é o maior e todos ajoelham perante sua coroa. Caso um invidou seja contra a vontade do rei ele é considerado um traidor e caçado por todos entre os reinos

         (Yang e Ying alado)
        O Daimyo da civilização Yang é um imperador que possui apenas conselheiros que o ajuda a governar. Existe um grupo especial de guerreiros os samurais, estes executam a defesa do imperador e comanda suas forças junto com os comandantes e generais do mesmo.

       Os Khans são nômades que possui um Khal (Líder) o khal possui um grupo muito pequeno que ajuda a liderar seu povo. São os irmãos de sangue que juram proteger a vida de seu Khal a qualquer custo mesmo que seja necessário dar sua própria vida. Na morte de um Khal os seu irmãos de sangue também se matam, pois sua vida não tem mais sentido sem a do seu líder e junto dele faram a jornada para o mundo alem vida.

     
     Deuses     Antigos


    Glor

       Deus da justiça, paz a e cura. Segundo a lenda, ele fora descoberto pelos anões, antes da chegada dos humanos, na cordilheira de ferro. A forma do Deus é desconhecida por isso os anões projetam ele a semelhança da raça anã.
       Na entranhas da cordilheira ele escrevia como o mundo deveria ser, como os seres deveriam tratar uns aos outros e os diferentes. Todas as linhas de seus insinuamentos, talhado no interior da cordilheira, é a base do senso crítico e justo de varias civilizações dos 4 reinos. Entre elas esta Northun, Dunker, e a de Vanfin


    Maghor

      Vindo também das cordilheiras de ferro, porem das entralhas mais obscuras do lugar, nasce Maghor. Uma perversão da criação ele começa a destruir todos os sábios escritos deixados por Glor. Os anões tentam impedir o seu avanço, porem fracassam fatidicamente, e Maghor os transforma em Trolls. Os Anões restantes anotam na forma de runas em livros de pedra todo o conhecimento restante de Glor e fogem da cordilheira de ferro. Esse período é conhecido O expurgo e marca também a chegada dos humanos a terra
        O Deus é o caos, a anti-vida, a ferimento que não cicatriza, a ira dos justos, as práticas proibidas, o ódio o rancor e a magoa de todos os corações. As raças inferiores e obscuras são devotas a ele, em rituais macabros elas ganham força horando freneticamente a Maghor.


    =======================================================================================================


                                                                                      
                                                                                                                 Deuses da casa Burgon

    Os Deuses da casa burgon existe antes da raça loira conhecer o continente dos 4 reinos. Antes deles colonizarem a região sua sociedade vivia em terras muito distantes, uma terra fria, de baixa produção, e muitos perigos. Lá existia uma raça humana anormal com estatura o dobro da maior, e olhos de uma cor vermelho forte. Os Burgon e essa raça que ele nominaram de homens-vermelhos travavam infinitas guerras para hegemonia do poder. São nessa época de desgraças, pobrezas e tragedias que nasce a lenda de seus deuses.



    Danovin: Este é um Deus bom e pacifico. Segundo roga a lenda ele era um camponês que lutava contra a desigualdade dos mais humildes. Devido a seus bravos ideais, quando tentava planejar um distribuição de alimentos igualitárias tanto aos burgueses e nobres quanto aos necessitados, ele fora julgado e queimado no oitavo dia após sessões de tortura. Com o passar do tempo as pessoas mais simples rogavam pelo seu nome. Dizem que sua alma tomou uma força tão grandiosa de paixão e companheirismo que se transformou em um Deus
                          Os mais pobres e humildes ou almas que procuram redenção são devotos desse Deus. Os mais fanáticos acreditam que o Deus preparou uma vida pós morte para os justos, um paraíso onde nada falta, em que a guerra não prospera, e o mal não existe. Esses fanáticos são conhecidos como Danovianos, homens que fazem valer sua fé nem que seja necessário dar a própria vida, são intolerantes com as outras crenças muitas vezes passando por cima dos próprios princípios com o intuito de converter as massas.

    Aluwiu: Todas as noites frias quando os exércitos saim em marcha rumo aos homens-vermelhos o frio os avassalava e as rajadas de vento cortavam seus corpos com mais frio. Porem na calada da noite muitos soldados sentiam um vento quente que acalmava seus corações e os fortalecia para um novo dia de luta. Quando eles paravam em rios para pescar uma truta ou qualquer coisa comestível alguns indivíduos viam o brilho em certas regiões na água e jogavam sua isca no local pegando categoricamente um peixe. Nos dias de marcha pesada e forçada outros soldados sentiam suas pernas fortalecidas e as refeiçoes mais nutritivas
                       Todas essas lendas dos soldados burgon foram devotadas ao deus Aluwiu, uma criatura temporal que vem e se vai sem dar noticias e ajuda os corações cansados. Os lideres e Reis burgons foram relutantes em reconhecer a autoridade da divindade e até hoje é a menos preferida entre eles. Aluwiu é amado pelos soldados e gente simples.   

    Nosferun: No começo das eras os homens-vermelhos tinham completa hegemonia sobre os demais. Porém esse jogo mudou com o nascimento de um humano chamado Nosferun. No ano de 1500 da antiga era os Homens-vermelhos não estavam mais permitindo a reprodução dos homens, porem isso não impediu Nordara de ter seu filho mesmo que nas entranhas de redutos podres. Essa mulher foi para o limite do território e nos covis de Nagas teve seu aclamado filho. Alguns acreditam que ele foi abençoado com uma força e crueldade sem tamanho.
                             Com 16 ano Nosfeun abandona o refugio de Nagas, com sua mãe ja falecida. E vai de encontro com seus compatriotas de sangue. No caminho ele conhece outros filhos nascidos da proibição e junta uma pequena divisão. Primeiro ele passou de tribo em tribo, de aldeia em aldeia, de cidade em cidade e de reino em reino juntando forças e expulsando os Homens-vermelhos.
                             Nunca alguem vira uma força tão avassaladora tanto física quanto estratégica do Humano Nosferun. Quando ainda vivo as preces rogadas a ele o transformam em uma divindade. Quando ele completa 55 anos quase todos os Homens-vermelhos estão subjulgados trabalhando em minas de ferro. Porem sua noiva Daynar II com um filho na barriga  faz um pacto com as Nagas malignas, ao descobrir que Nosferun vinha matando suas esposas depois que elas geram um filho, as Nagas oferece a ela uma adaga antiga, a mesma usada para cortar o cordão umbilical de Norferun. Com essa adaga enquanto o general dormia ela desfere 30 facadas pelo seu corpo. Nosferun ainda consegue reagir matando sua mulher e o próprio filho ainda na barriga da mãe.3 dias depois Nosferun não resiste aos ferimentos pois a adaga teve um efeito necrosante em seus órgãos, falecendo.
                             Esse é o deus mais querido entre os Reis e a hierarquia burgon, a maioria dos cavaleiros e paladinos juramentados segue devoção a Nosferun. 



     

     



    Ordens


    Spoiler:
    Quando um homem prova seu valor a seu deus,
    torna-se um sacerdote. Quando este valor torna-se
    evidente o bastante para impressionar outros
    homens, este sacerdote é convidado a integrar uma
    ordem.
    Fazer parte de uma ordem é o primeiro passo
    importante na carreira eclesiástica de um
    sacerdote, uma vez que ele é aceito como um
    verdadeiro e valoroso defensor de sua fé. O
    postulante admitido é apresentado a novos
    mistérios da devoção, que aumentam seu vínculo
    com a divindade e, conseqüentemente, sua
    capacidade para invocar milagres. Mas, como tudo
    isso acontece? A quem um sacerdote responde?
    Quais seus dogmas, qual a estrutura de sua ordem?
    Avessos à vulgarização de seus segredos, os
    mestres das diversas ordens divinas trancaram em
    seus monastérios seus ritos sagrados, seus textos
    sapienciais, suas práticas iluminadas que levam à
    comunhão do mundano com o divino. Às massas,
    restava o culto exterior e as prescrições morais.
    Mais você foi escolhido...

    Seja bem vindo à irmandade!

    Ordens conhecidas ....


    Ordem de Maghor

    Aço e sangue é o que te ofereço, ó divino Maghor.


    Símbolo
    O símbolo da Ordem é o de uma espada cruzada
    com um machado tendo por trás um escudo
    redondo, símbolo presente em todas as guerras
    com apenas algumas variações de uma cultura para
    outra. Na representação da Ordem esses
    “símbolos” são ricamente adornados como se
    fossem armas de coleção e não simples armas de
    combate.


    Objetivo
    O objetivo da Ordem é sem dúvida o de levar a Destruição
    e à guerra aos quatros quantos
    do Mundo Conhecido. É importante ressaltar que
    para esses devotos a guerra não é uma
    manifestação bestial dos seus sentimentos mais
    primitivos, mas sim uma arte complexa, bela e
    intrincada, na qual sempre vence o melhor artista.
    E os Destemidos Senhores da Guerra estão
    indiscutivelmente entre os maiores mestres nessa
    arte.


    Maghor

    Vindo também das cordilheiras de ferro, porem das entralhas mais obscuras do lugar, nasce Maghor. Uma perversão da criação ele começa a destruir todos os sábios escritos deixados por Glor. Os anões tentam impedir o seu avanço, porem fracassam fatidicamente, e Maghor os transforma em Trolls. Os Anões restantes anotam na forma de runas em livros de pedra todo o conhecimento restante de Glor e fogem da cordilheira de ferro. Esse período é conhecido O expurgo e marca também a chegada dos humanos a terra
    O Deus é o caos, a anti-vida, a ferimento que não cicatriza, a ira dos justos, as práticas proibidas, o ódio o rancor e a magoa de todos os corações. As raças inferiores e obscuras são devotas a ele, em rituais macabros elas ganham força horando freneticamente a Maghor.



    Ordem de Glor

    Símbolo
    O símbolo da ordem é a imagem estilizada de uma
    Rosa dos Ventos sobreposta por uma moeda,
    simbolizando a presença de Glor em todas as
    direções.

    Objetivo
    A Ordem é voltada para o estímulo da paz e o
    entendimento entre os povos, através do
    intercâmbio comercial entre eles, o que geraria
    lucros materiais e espirituais para todos os seres.

    Localização
    Após a sua construção, a cidadela dos viajantes
    passou a ser chamada por muitos como a Cidade
    Dourada. Ela se localiza em uma região de difícil
    acesso, nos contrafortes da Cordilheira de Sotopor,
    próximo à divisa com o atual reino de Acordo.
    Rumores contam que suas ruas são calçadas em
    blocos de ouro e colunas de pedra, incrustadas de
    jóias e prata, adornam sua estrutura. No grande
    salão de cerimônias, centenas de baús com moedas
    de ouro são oferecidas a Glor

    Votos Específicos
    Tudo o que possuis não é teu, é de Glor:
    Apesar da Ordem ser bastante próspera em termos
    de bens materiais, os membros da mesma
    aprendem a viver não tendo posses. Eles vivem e
    morrem por ela. Tudo o que tem e terão será
    providenciado pela Ordem,desde alimentos a
    armas.


    Sempre retribuirás o que receber: Os
    sacerdotes de Glor não costumam receber nada
    de graça. Eles sempre retribuem qualquer ajuda,
    material ou não, que receberem.

    Conselho Maior
    É composto por nove membros. O presidente do
    conselho recebe o título de Grão-Mestre, os demais
    recebem a denominação de Ministros Regionais,
    cada qual representando uma das regiões

    Conselho Menor
    É composto por um membro representante para
    cada uma das principais cidades da região em
    questão e tem como seu líder o Ministro Regional.
    Recebem o título de Conselheiros da Ordem de
    Glor

    Saudação
    O cumprimento feito pelos membros internos da
    Ordem é um aperto de mãos usando as duas mãos.
    Em seguida ambos trocam entre si uma moeda de
    cobre, dizendo: “Que Glor lhe traga
    prosperidade”.


    Glor

    Deus da justiça, paz a e cura. Segundo a lenda, ele fora descoberto pelos anões, antes da chegada dos humanos, na cordilheira de ferro. A forma do Deus é desconhecida por isso os anões projetam ele a semelhança da raça anã.
    Na entranhas da cordilheira ele escrevia como o mundo deveria ser, como os seres deveriam tratar uns aos outros e os diferentes. Todas as linhas de seus insinuamentos, talhado no interior da cordilheira, é a base do senso crítico e justo de varias civilizações dos 4 reinos. Entre elas esta Northun, Dunker, e a de Vanfin




    A Ordem de Aluwiu

    Símbolo
    O símbolo da Ordem é o de um magnífico dragão
    de assas abertas soltando uma baforada de fogo

    Objetivo
    A Ordem dos Dragões Vermelhos é uma Ordem
    Militar de Aluwiu dedicada exclusivamente à Deus e
    seus desígnios. Forma seus noviços com extrema
    rigidez e com foco total na fúria e nos prazeres da
    guerra.

    Aluwiu: Todas as noites frias quando os exércitos saim em marcha rumo aos homens-vermelhos o frio os avassalava e as rajadas de vento cortavam seus corpos com mais frio. Porem na calada da noite muitos soldados sentiam um vento quente que acalmava seus corações e os fortalecia para um novo dia de luta. Quando eles paravam em rios para pescar uma truta ou qualquer coisa comestível alguns indivíduos viam o brilho em certas regiões na água e jogavam sua isca no local pegando categoricamente um peixe. Nos dias de marcha pesada e forçada outros soldados sentiam suas pernas fortalecidas e as refeiçoes mais nutritivas
    Todas essas lendas dos soldados burgon foram devotadas ao deus Aluwiu, uma criatura temporal que vem e se vai sem dar noticias e ajuda os corações cansados. Os lideres e Reis burgons foram relutantes em reconhecer a autoridade da divindade e até hoje é a menos preferida entre eles. Aluwiu é amado pelos soldados e gente simples.


    Imagem


    As Crônicas do Trono Fotonz


    Sistemas


    Última edição por Next em Qui Jul 12, 2012 11:43 am, editado 2 vez(es)


    _________________
    As Crônicas do Trono Vegeta%2B-%2BAssinatura
    Komuro Takashi
    Komuro Takashi
    Colaborador
    Colaborador

    Mensagens : 1033
    Créditos : 132
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por Komuro Takashi em Qui Jul 12, 2012 11:25 am

    Remake do Game of Thrones....Lolo só isso e vc quer criar um game assim....tópico inutil..


    _________________
    As Crônicas do Trono Takashi_komuro_by_minato8-d51g9o4
    FilipeJF
    FilipeJF
    Aldeia Friend
    Aldeia Friend

    Medalhas : As Crônicas do Trono 94JxvAs Crônicas do Trono 94Jxv
    Mensagens : 1858
    Créditos : 134
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por FilipeJF em Qui Jul 12, 2012 11:32 am

    Ah cara, poupe-me. O norte é frio e uma grande muralha divide uma terra perigosa.
    E deixa eu lhe dizer: está uma merda. Uma cópia de ASOIAF.


    _________________

    As Crônicas do Trono Atpqp
    Next
    Next
    Novato
    Novato

    Mensagens : 9
    Créditos : 0
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por Next em Qui Jul 12, 2012 11:34 am

    Peço que ao menos leia tudo


    _________________
    As Crônicas do Trono Vegeta%2B-%2BAssinatura
    MalucaoBeleza
    MalucaoBeleza
    Desenvolvedor
    Desenvolvedor

    Medalhas : As Crônicas do Trono ILtUbYveyXDIf
    Mensagens : 724
    Créditos : 58
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por MalucaoBeleza em Qui Jul 12, 2012 11:59 am

    cara jah disse isso para alguem mais acho q vai te ajudar

    um jogo não é só baixar o netplay e criar mapas
    um jogo precisa de estilo proprio sistemas proprios e etc..

    é bom postar um jogo quando se tem bastante conteudo pq aew as pessoas dão mais elogios do q critica
    Next
    Next
    Novato
    Novato

    Mensagens : 9
    Créditos : 0
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por Next em Qui Jul 12, 2012 12:36 pm

    Não o terminei ainda
    Vai demorar MUITO
    Mais postei aqui na esperança de que alguem de uma sugestão ou algo do gênero
    Críticas são boas...Mais eu acho que pra uma pessoa críticar ela deve ler todo o conteúdo
    No momento fiz somente o roteiro


    _________________
    As Crônicas do Trono Vegeta%2B-%2BAssinatura
    KnowVFX
    KnowVFX
    Semi-Experiente
    Semi-Experiente

    Mensagens : 140
    Créditos : 3
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por KnowVFX em Qui Jul 12, 2012 12:42 pm

    Vei na boa...
    muito ruin Oo


    _________________
    Programas ultilizados -
     Sony vegas pro 11
       After Effects CS4 
          
    MalucaoBeleza
    MalucaoBeleza
    Desenvolvedor
    Desenvolvedor

    Medalhas : As Crônicas do Trono ILtUbYveyXDIf
    Mensagens : 724
    Créditos : 58
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por MalucaoBeleza em Qui Jul 12, 2012 12:48 pm

    Huagnerkl escreveu:Vei na boa...
    muito ruin Oo

    não sei se vc pode falar do trabalho dele pois vc não mostrou nada ainda
    ao contrario ele pelo menos tentou '-'
    KnowVFX
    KnowVFX
    Semi-Experiente
    Semi-Experiente

    Mensagens : 140
    Créditos : 3
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por KnowVFX em Qui Jul 12, 2012 1:51 pm

    MalucoBeleza !!!!!!!!!!!!! Relaxe um pouco por que so mostro trabalgos meus quando tenho certeza !!!!!!!!!!!!! que vai da certo !!!!!!!!!!! Certo ?
    entao beleza !


    _________________
    Programas ultilizados -
     Sony vegas pro 11
       After Effects CS4 
          
    MalucaoBeleza
    MalucaoBeleza
    Desenvolvedor
    Desenvolvedor

    Medalhas : As Crônicas do Trono ILtUbYveyXDIf
    Mensagens : 724
    Créditos : 58
    Cash : 0

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por MalucaoBeleza em Qui Jul 12, 2012 2:50 pm

    pra mim n faz diferença mais não acho certo vc ficar ofendendo os caras sem msm provar q é melhor do q eles..

    Conteúdo patrocinado

    As Crônicas do Trono Empty Re: As Crônicas do Trono

    Mensagem por Conteúdo patrocinado

      Tópicos similares

      -

      Data/hora atual: Sex Ago 23, 2019 8:12 am